sábado, maio 10, 2014

Golpe nigeriano

Excelentíssimo senhor / senhora,

Sei como surpresa esta carta chegará a você, mas gostaria de aconselhamento que você considere isto como um pedido de um familiar nos atrevemos necessidade de assistência. Estou Sr. Pedro Passos Coelho, primeiro-ministro do Portugal, eleito em 2011. Suas informações de contacto veio para mim a partir de arquivos oficiais durante a minha busca por uma pessoa confiável e Deus temendo que pode ajudar-me.

Após saída do antigo José Sócrates primeiro-ministro eu tentar resolver situação muito difícil, mas aumento do défice problemas e desemprego eleva-se. Dívida muito alta com minhas políticas fez dívida ainda mais alta. Mas meus consultores determinam que melhor para evitar problemas económicos de minhas políticas é continuar com minhas políticas geradoras de problemas económicos. Agora quero proponho negócio a você do interesse de você. O negócio envolve grande aumento do salário mínimo para você, que pode ascender a vários milhares de cêntimos. E ofereço ainda a você espectacular redução em 5% no preço do gás natural. Ainda mais poupança no gás que você já gastava pouco porque não há assim tanta comida para cozinhar. Tudo isto muito bom para você. Em troca necessito apenas de mais alguns cortes em salários e pensões de familiares de você, terminar mais serviços públicos, revisão das leis da contratação colectiva, aumentos de outras taxações e impostos. E também reformas e pensões a partir de agora não tem nada a ver com descontos efectuados, mas sim com valores variáveis do económico nacional.

Desde o acima, você vai perceber que o nosso futuro especialmente depende desse dinheiro e, como tal, vou ser muito grato se você pode nos ajudar e não fazer barulho e manifestações sobre isto. Certos estrangeiros estão a observar nossas vidas e castigam comportamentos não bons para economia e mercados. Isto será uma joint venture business iremos fazer com você, não esqueça que salário mínimo subirá, e será algo na ordem de uma percentagem. Por favor, gostaria de vos dizer que a minha família vive aqui no Massamá, por isso também para nós sacrifícios.

Deus abençoe você para seu antecipou compreensão e cooperação.

Pedro Passos Coelho


Fonte: Ricardo Araujo Pereira @ Visão

Sem comentários: