segunda-feira, maio 16, 2016

E o Braga não conta?

Amanhã haverá campeão e o campeão será sempre de Lisboa, aconteça o que acontecer na Luz e na Pedreira, os palcos da decisão. Festeje quem festejar o título pelas ruas e praças do país - a noite de domingo será garantidamente ruidosa o que mais se deseja é que o transe ocorra sem desacatos civis como os que, no ano passado, ensombraram as comemorações do bi-segundo título consecutivo do Benfica. Cai, assim, o pano sobre um dos mais disputados campeonatos dos últimos tempos em termos de emoção e de futebol-jogado. Já no que diz respeito ao futebol-falado, a discussão foi absolutamente lamentável do princípio ao fim com as despesas praticamente todas a cargo do Sporting. Melhor dito, a cargo do presidente do Sporting que, ainda esta semana, de tanto porfiar conseguiu ter o árbitro representante da Marcon - a marca oficial de equipamentos do Sporting - apontado a Braga na ronda que é a do tudo ou nada.

O presidente do Sporting garantiu também ao país um "Nacional motivadíssimo" na Luz, o que, com toda a franqueza, não é notícia que mereça manchetes. Aliás, nem sequer é notícia porque não é novidade. Nesta meia dúzia de últimas jornadas não houve adversário do Benfica que não entrasse em campo "motivadíssimo". O choro compulsivo do jogador do Vitória de Setúbal que falhou o golo que parecia certo frente a Ederson nos instantes finais do jogo da Luz é do mesmo a prova mais eloquente.

E é outra vez disto que o Benfica deve esperar amanhã a partir das cinco da tarde. Até porque na Luz se sabe desde a primeira hora desta Liga, e por experiência própria, que não há campeões antecipados. Já o presidente do Sporting só esta semana, a da última jornada, deu de caras com o famoso axioma. "Não há campeões antecipados". admitiu Bruno de Carvalho nesta primavera que já vai adiantada depois de no inverno ter assegurado que o Sporting não mais iria sair do primeiro lugar e de ter sentenciado que "em maio" - justamente o mês corrente - "eu, o Jesus e a carneirada" iriam "ter muito que festejar". Amanhã é dia de encerrar as contas. Dia de somar pontos e títulos.

Amanhã tudo conta, menos, segundo parece, o Sporting de Braga, o que se compreende e aceita. Então o Braga não conta? Não. Com a ideia, muito legitimamente, posta na final do Jamor, o Braga é o adversário apetecível desta última jornada. São as circunstâncias, apenas isso.
Carrega, Benfica, a carregar desde 1904!

Fonte: Leonor Pinhão @ Record

Sem comentários: