segunda-feira, março 03, 2014

O 'mister'

O mister é o treinador no mister ou ofício do futebol. Sem excepções, seja jovem ou reformado, competente ou desastrado, de elite ou de divisões secundárias, professor ou com a 4.ª classe, português, inglês ou de outra parte. O mister é sempre mister. Por vezes até, os jogadores referem-se ao treinador em duplicado semântico: o senhor mister. Mesmo quando vítima de chicotada (para ele) psicológica (para os jogadores), o mister não deixa de o ser para os seus antigos jogadores, ainda que não venha a exercer mais esse mister. É provável que a origem deste tratamento radique no facto de a Inglaterra ser a mátria do futebol e de ter havido muitos treinadores ingleses no passado.

O grupo de trabalho - outra expressão recorrente no futebol - é dirigido pelo mister numa mistura de liderança respeitosa e de convívio de balneário. Curiosa é a mudança de tratamento por um jogador em ruptura com o treinador. Passa do afável mister em inglês para o distante ou despeitado senhor em português.

Um jogador que passa a mister começa a ser tratado não por um, mas por (pelo menos) dois nomes. É mais uma prova de que o mister é respeitado ou temido.

Interrogo-me como será o tratamento com as treinadoras. Pela mesma regra dos homens serão Mrs se casadas ou Miss se solteiras? Ou simplesmente senhoras ou donas?

O mister (à inglesa) está para o futebol como o chef (à francesa) está para a culinária. Tudo uma questão de cozinhado linguístico. Certo é que a lista nacional das profissões não inclui a de mister. E nos Centros de Emprego não há empregos para misteres. Mesmo assim, não há mister de mudar de tratamento.


Fonte: Bagão Félix@A Bola

Sem comentários: